O chef de cozinha Alex Atala, 47 anos, é um dos responsáveis pelo Brasil estar no mapa da alta gastronomia mundial. Aliás, a sua grande especialidade é justamente usar ingredientes brasileiros, principalmente os vindos da Amazônia.

Segundo Luiz Américo Camargo, crítico de gastronomia, “Há 20 anos o sinônimo de comer fora em São Paulo era você ir num restaurante italiano ou francês, basicamente. A comida brasileira não era pensada com nobreza gastronômica. Alex Atala surgiu trazendo a possibilidade de uma cozinha brasileira mais moderna”. Esta frase abre o episódio da série Chef’s Table, que surgiu nos Estados Unidos, em que Atala participa.

ALIMENTAÇÃO PESSOAL 

“Eu sou um cara que trabalha seis ou 7 dias por semana com alimentos. Por conta do estresse, da correria, da cidade… as vezes eu esqueço de comer. Eu tenho os melhores ingredientes, os melhores produtos, agora isso não quer dizer que eu me alimente bem. Ter hábitos, horários, sentar na mesa sem estresse… raramente isso acontece comigo”.

TRABALHO E EQUIPE

“Pra fazer parte da minha equipe é preciso gostar de trabalhar. Tem o Giovani, o meu braço direito, que trabalha comigo há 20 anos. Ele é um grande nordestino, pessoa de caráter e força de vontade. Não tem formação, começou comigo lavando louça e hoje é o principal chef do D.O.M restaurante.

Também já dei oportunidades para pessoas com mais de 40 anos de idade começarem comigo. Hoje em dia, algumas delas já abriram o próprio negócio”.

PASSAR O CONHECIMENTO ADIANTE

“Eu gosto muito de ensinar as pessoas! Uma das coisas incríveis que a cozinha tem é essa generosidade de estarmos juntos num mesmo ambiente e aprendendo um com o outro. Por conta do tempo, eu ensino menos do que gostaria, mas ainda assim eu tento.

Viver sem passar conhecimento adiante não vale a pena. E eu digo que a única coisa que não pode faltar na cozinha é bom humor!”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *