Vivemos em tempos de ódio e intolerância. Isso é fato! A esquerda versus a direita nunca esteve tão dividida e a tal liberdade de expressão facilmente se transforma em discurso de ódio na boca de pessoas mal intencionadas ou mal informadas.

Mas qual a diferença entre um e o outro?


LIBERDADE DE EXPRESSÃO não é poder falar tudo o que se pensa. Não quando o discurso vem carregado de xenofobia, racismo, homofobia, misoginia, misandria e qualquer tipo de preconceito ou violência verbal.

Muitas pessoas, por incrível que pareça, acreditam que têm o direito de ofender ou difamar alguém em prol da tal liberdade.

O DISCURSO DE ÓDIO se camufla de liberdade e incita, como nome já diz, ao ódio e a intolerância.

“Mas eu tenho todo o direito de não gostar de gays/negros/asiáticos/transgêneros/etc”. Tem, é verdade. Mas ninguém é obrigado a ouvir essas palavras sendo vomitadas da boca de qualquer indivíduo.

A liberdade de expressão termina quando a opinião alheia pode ferir, física ou verbalmente, todo e qualquer indivíduo.

Resumidamente, liberdade de expressão não é falar o que bem deseja. Liberdade de expressão é respeitar o próximo e, em troca, ser respeitado também. Assim, todos podem viver em harmonia na sociedade.

Tudo que seja diferente disso gera o caos, guerra e um mundo cada vez mais dividido. Realmente, não somos obrigados a gostar de tudo e de todos. Mas, ao menos que se viva isolado dentro de uma caverna, é obrigação de todos respeitar o próximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *