Na última sessão do plenário referente ao Estatuto da Família , em outubro de 2015, o texto apresentado prevê que a família brasileira deve ser constituída por um homem e uma mulher. 

Um dos deputados presentes, Hidekazu Takayama (PSC-PR), justificou dizendo que “A união de dois homens ou duas mulheres não pode gerar um filho, por isso, não deve ser considerada família”. O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, foi um dos que defendeu veemente o texto. 

Mas e na sua opinião, o que é família? Uma mãe de Niterói, no Rio de Janeiro, resolveu dar uma aula de cidadania ao responder um bilhete da escola encaminhado apenas para as mamães dos alunos. Dá uma olhada no bilhete…

escola-1

E leia abaixo a resposta da mamãe: 

“Olá, gostaria de sugerir que os bilhetes viessem direcionados aos ‘responsáveis‘ e não somente à ‘mamãe‘. Entendo que muitas vezes é a mãe quem se encarrega das tarefas domésticas e dos filhos, mas precisamos lembrar que os “papais” também são responsáveis e que muitas crianças são criadas por outros membros da família, como avós, tios, tias, etc. Assim, seria uma maneira de não repetirmos esse discurso que só responsabiliza a mãe / mulher pelo cuidados com a casa e filhos (as)”.

escola-2
escola-3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *