A imagem abaixo já ajuda a contar parte da história. Um jovem chamado Lucas Gustavo, de 18 anos, foi preso na Bahia, em Juazeiro, após correr atrás de pessoas na rua vestido de palhaço macabro.

 

picmonkey-collage

 

Enquanto um amigo filmava a ação, ele segurava um machado na mão enquanto tentava assustar os transeuntes.

A Polícia Militar percebeu a movimentação e disparou dois tiros de borracha que acertaram a perna do rapaz. Ambos foram encaminhados para a delegacia e passaram a noite por lá. Segundo um deles, a intenção era ganhar likes para o seu canal do YouTube ao divulgar o vídeo.

“A deia surgiu porque eu achei que, fazendo uma pegadinha desse estilo, ia ganhar uma grande visibilidade para o canal que eu tinha acabado de criar com finalidade de juntar um dinheiro. Dessa forma, o canal iria ter um grande número de inscritos e, a partir daí, eu poderia criar os meus testes sociais e meus vlogs”, disse Lucas para uma reportagem do G1.

“Teve arrependimento porque eu não cheguei a pensar e nem imaginar que ia repercutir tanto assim o que eu fiz. O problema é que, agora, várias pessoas estão me enxergando como um criminoso pesado. E não foi isso. Foi apenas uma pegadinha, uma brincadeira sem graça e que teve as consequências. Ir para a delegacia foi ruim demais, mas muitos acham que isso foi muito pouco”, finalizou o rapaz.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *