O Rio de Janeiro declarou calamidade pública. Muitas obras ainda não estão prontas e tantas outras foram superfaturadas. Junto a isso, a imprensa internacional veem constantemente questionando se o nosso país realmente tem infraestrutura para sediar este evento olímpico. Aliás, aqui neste link tem um vídeo que está rodando o mundo e tem “sujado” ainda mais a imagem do Brasil.

Mas nada disso importa (?), pois o revezamento da tocha olímpica tem ofuscado qualquer outra notícia. Obviamente, você já reparou nas trapalhadas que vem acontecendo, não?


TRAPALHADAS OLÍMPICAS RIO 2016

1- Recife, Pernambuco: Um homem, ex nadador olímpico e atual treinador apelidado de Nikita, cai durante o percurso devido ao chão esburacado da via.

2- Mossoró, Rio Grande do Norte: A tocha se apaga e precisa ser substituída. Ok, acontece.

3- Manaus, Amazonas: Uma condutora corre com a tocha apagada por cerca de 1 minuto. Após a substituição, duas pessoas (em momentos diferentes) tentam apagar a tocha, mas são impedidas pela polícia.

4- Foz do Iguaçu, Paraná: A tocha também se apaga sozinha e precisa ser substituída.

5- Cuiabá, Mato Grosso: Mais uma tentativa de apagarem a tocha, desta vez, uma pessoa joga um balde de água de cima de um prédio. Como não foi identificada, não houve prisão e a tocha permaneceu acesa.

6- Cascavel, Paraná: Um homem é detido pela polícia e levado até a delegacia por ter tentado apagar a tocha com um extintor de incêndio. Ele alegou estar fazendo um protesto contra o Golpe. Inclusive, ele se diz surpreso pelo político Eduardo Cunha já ter cometidos tantos crimes e ainda estar solto. Ele será julgado por tentativa de danos ao patrimônio público. Não o Cunha, mas sim, o cara que tentou apagar a tocha.

7- Maringá, Paraná: Uma professora também é detida e levada para a delegacia. Mais uma vez, foi alegado um protesto contra os altos custos das Olimpíadas.

8- Maracajú, Mato Grosso do Sul: Homem tenta apagar a tocha usando um balde de água. Também foi preso minutos depois, comprovando a eficiência da polícia em prender bandidos. Aliás, nenhuma das pessoas presas tinha passagem pela polícia ou problemas com a justiça. Ah, o Eduardo Cunha continua solto.

9- Joinville, Santa Catarina: Mais uma vez alguém tenta usar um extintor de incêndio para apagar a tocha. Foi detido e preso, é claro!

10- Porto Alegre, Rio Grande do Sul: Um estudante tenta apagar a tocha olímpica usando um copo de água. Ele até que chegou perto, mas apenas um copo não foi suficiente. Como você pode imaginar, ele também foi detido e levado até a delegacia.

11- Franca, São Paulo: Uma mulher (dona do magazine Luiza) perde o equilíbrio e cai no chão. Felizmente, ela passa bem e alegou “Muita emoção” ao carregar a tocha.

12- Osasco, São Paulo: Nem sei como explicar, mas rolou um acidente entre dois policiais e um segurança da Força Nacional. Um deles, de moto, perdeu o controle do veículo e acabou atropelando outros dois, que vinham de bicicleta e a pé. Aqui, um tiozão maravilhoso até fez um registro com uma selfie.

COMO VOCÊ JÁ SABE… 

A tocha olímpica vai passar por 327 cidades brasileiras e, no total, 12 mil pessoas irão carregá-la dentro do território nacional. Marcas que são patrocinadoras das Olimpíadas, como a como a Coca-Cola, pode convidar 2.400 pessoas para carregarem a tocha olímpica. Ah, cada uma dessas pessoas pode levar a tocha pra casa, como presente. Mas relaxa, nada disso saiu dos cofres públicos, porque depois de alguns protestos, as próprias marcas tiveram que pagar pelas tochas. Ufa!

Quem produz a tocha olímpica é uma empresa chamada Recam Làzer, que acabou ganhando a concorrência por já “ter experiência na produção deste objeto”. Mas convertendo o valor de euros pra real, o custo total de cada uma não saiu muito em conta não. O valor de cada uma é de R$ 1.958,19. 

Hoje, 24 de julho de 2016, o domingo começou com a abertura da Vila Olímpica para os atletas. Houve filas imensas, falta de organização e, pasmem, já foram relatados furtos dentro da vila. O Comitê Olímpico da Austrália, por exemplo, afirmou que a Vila Olímpica é “inabitável” e, até o fechamento desta matéria, decidiu não permanecer na Vila. O site australiano “The Age” publicou que as reclamações incluem: sanitários entupidos, pias vazando, possíveis vazamentos de gás e escadas sem iluminação.

VAI, BRASIL!

One Response to VÍDEO- As Trapalhadas Da Tocha Olímpica Merecem Ouro (Rio 2016)

  1. Heverson Rodrigo disse:

    E tbm ñ pode esquecer da onça que morreu por causa dessa tocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *